Carro & Cia

Venda de carros de passeio deve crescer 12% em 2018, diz Fenabrave

Apesar das eleições e da Copa da Rússia, a venda de carros de passeio e veículos comerciais leves deve crescer 11,9% em 2018. Essa é a previsão da Fenabrave, entidade que reúne as distribuidoras de veículos.
No segmento de veículos pesados, a associação prevê alta de 8,6% neste ano sobre 2017.
"Dentro das previsões de mercado Internacional, não vemos nada que possa atrapalhar a indústria em 2018, e o índice de confiança do consumidor brasileiro vem subindo", diz a economista Tereza Fernandez, da consultoria MB Associados, que projeta uma alta de 3,1% no PIB neste ano.
Ao todo, a Fenabrave espera que 2,5 milhões de unidades de veículos leves e pesados sejam emplacadas em 2018.
ALTA EM 2017
A venda de automóveis cresceu 9,2% em 2017 na comparação com 2016. Foram comercializadas 2,24 milhões de unidades no ano passado. Os dados foram divulgados nesta quinta (4) pela Fenabrave.
O número inclui carros de passeio, comerciais leves, ônibus e caminhões. A retomada ocorre após quatro anos de queda nos emplacamentos, mas mostra o quanto o mercado encolheu. O volume do ano passado é pouco inferior aos licenciamentos de 2007.
O acesso ao crédito continua a ser um problema, mas a Fenabrave vê evolução nas concessões de financiamentos.
"A qualidade da carteira de crédito está melhorando. A cada 10 fichas submetidas aos bancos, cerca de 4 estão sendo aprovadas", diz Alarico Assumpção, presidente da Fenabrave.
No segmento de caminhões, a safra agrícola impulsionou a renovação da frota. "Veículos extrapesados chegaram a cerca de 1 milhão de quilômetros rodados em 2017, o que estimulou a troca", diz Sérgio Zonta, vice-presidente da Fenabrave.
Entre os carros de passeio, o Chevrolet Onix manteve a liderança de mercado, com 171 mil unidades emplacadas. O segundo colocado foi o Hyundai HB20 (97 mil), seguido por Ford Ka (87 mil) e Volkswagen Gol (68 mil).
O dados de produção serão divulgados nesta sexta (5), pela Anfavea (associação das montadoras instaladas no Brasil).

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--