Variedade

Willame Belfort: Destaque nacional na literatura e música erudita

Willame já foi homenageado pelo SESC PARTITURAS em outubro do ano passado pelo Estado de Rondônia, na capital Porto Velho, como compositor.

Willame Belfort

Mesmo na pandemia, o jovem artista e educador se mantém fiel no fazer poético, musical e acadêmico

O jovem artista e educador maranhense de 23 anos de idade, Willame Belfort, a cada dia tem se destacado no cenário musical e literário sendo notícia quase que quinzenalmente nos jornais e webjornais de seu estado e mensalmente nos veículos de mídia nacional e até internacional. Willame é docente no Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação Joãosinho Trinta no Maranhão e “Imortal” pela Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil (ACILBRAS).

Autor de dois livros solos de poesia, O intenso por extenso e Cartas, haicais e outros poemas: escritos sob a saudade, ambos emergidos de seu namoro com a jovem Louryellen Costa e escritos durante a quarentena, teve como conquista recente no campo literário sua obra poética em destaque na Coletânea Ciranda da Poética da Darda Editora (Campos de Goytacazes-RJ) ao lado carioca Tauã Lima Verdan Rangel. Ainda sobre a coletânea acima, cada autor só poderia participar com dois poemas segundo o regulamento, mas os 9 poemas enviados por Willame e Tauã conquistaram a comissão técnica da editora que aprovou e publicou todos os textos enviados pelos dois escritores, sendo 14 coautores nacionais.

Willame já foi homenageado pelo SESC PARTITURAS em outubro do ano passado pelo Estado de Rondônia, na capital Porto Velho, como compositor. Estando no hall dos compositores do acervo digital do SESC PARTITURAS, novamente tem sua música executada em solo nacional, mas desta vez por mãos internacionais, sendo esta sua recente conquista no campo musical. Tal conquista se dar porque a violinista Kamila Druzd e sua mãe Mariola Druzd (pianista), foram aprovadas no Edital SESC Cultural ConVida. Naturais da Polônia, atualmente residem na capital mineira Belo Horizonte e interpretam o Romance Op. 27 para violino e piano de Willame Belfort em um vídeo-concerto que está disponível nas plataformas e mídias digitais do SESC Cultural ConVida.

Mesmo na pandemia, o jovem artista e educador se mantém fiel no fazer poético, musical e acadêmico. Como docente no NAAH/S Joãosinho Trinta tem lecionado na modalidade à distância, assim como em seus estudos na Unicesumar EAD (polo São Luís) onde cursa Letras Português/Inglês. Já está trabalhando em um novo livro de poesias, este destinado ao público infantil, com cunho didático e se prepara para a Solenidade de Premiação do Troféu Inside by Fofa 2020 no quesito Educação por seu trabalho na área, segundo a anfitriã Ilze Rangel (Jornalista e Colunista Social).

 

Leia também: 

Escritor Willame celebra 7 meses de namoro com novo livro de poesia

Jovem maranhense se destaca nas artes e entra para Acilbras

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
RECEBA NOSSA NEWSLETTER EM SEU EMAIL

Deixe seu email aqui. Preservamos sua privacidade.