O Dia Sem Amanhã

Roberto C. P. Junior é espiritualista, mestre em ciências, membro da Academia de Letras e Artes de Portugal, integrante da Ordem do Graal na Terra e autor de seis obras, dentre as quais:
 O Dia Sem Amanhã, CapotiraO Filho do Homem na Terra. Responsável pelo blog e pela página "O Dia Sem Amanhã".

Profecias

A chamada “lei de causa e efeito”, ou "lei do retorno", em suas consequências de incondicional reciprocidade (on.fb.me/1fojJ8D), tanto para o indivíduo como para toda a humanidade, é a chave para a compreensão do processo de anunciação das grandes profecias dos tempos antigos.

Assim como um astrônomo pode prever quando e como ocorrerá um eclipse do Sol, visto conhecer muito bem as leis da mecânica celeste e saber que são imutáveis, o conhecimento das leis universais que regem a Criação (on.fb.me/1MkBS4L), igualmente imutáveis, permite saber de antemão o que aguarda a humanidade no futuro, com um todo, em decorrência de seu comportamento anterior.

Desse modo, já há muito pôde ser previsto, com total segurança, o que os seres humanos da época atual teriam de enfrentar, em decorrência de sua própria atuação malévola de outrora, ao longo de muitos milênios (bit.ly/2VpDjJc). Daí se originaram então as grandes revelações na forma de imagens.

Esses agraciados – os grandes profetas de todos os tempos – foram instrumentos de uma Vontade superior, utilizados para transmitir essas mensagens tão importantes, porém não eram divinamente inspirados e nem foram santificados para poderem cumprir suas missões. Eles foram, sim, seres humanos especialmente convocados, imbuídos de uma missão bem específica, mas eram pessoas normais.

Um astrônomo que hoje vaticinasse a ocorrência de um grande eclipse junto a uma tribo de selvagens também seria considerado por esses como uma “divindade” ou algo semelhante, porque aqueles silvícolas não conhecem as leis nas quais o astrônomo se baseou para fazer sua previsão. O processo é o mesmo.

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra. Acesse: bit.ly/livros-OGT.)

Este post em áudio: bit.ly/RJ171010.

Roberto C. P. Junior

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--