Observatório Social de Cafelândia

Observatório de Cafelândia

O Observatório Social de Cafelândia PR, vem atuando junto com a comunidade desde 2013, têm como membro pessoas de diversos seguimentos da sociedade, no entanto, qualquer pessoa pode participar. O principal objetivo é despertar nos cidadãos o espírito de Cidadania Fiscal na sociedade organizada, tornando-a proativa, através do seu próprio Observatório Social, exercendo a vigilância social na sua comunidade e assim podemos otimizar o dinheiro público para desenvolver políticas públicas para os munícipes que realmente precisa. Essa organização social, traz como princípio a liberdade de expressão e a defesa do Estado democrático de Direito.

claudecirsv@yahoo.com.br

 Claudecir Venâncio

Ética, Liberdade e Responsabilidade.

Quando pensamos na ética é comum confundir a ética com código de contudo profissional, pois, é dessa maneira que comumente ouvimos falar de ética, porem a ética vai além de uma conduta profissional, para aqueles que já estudaram sobre a ética percebem que o desenvolvimento do conceito ética, acompanhou o desenvolvimento racional e cientifico do homem, isso quer dizer que desde de que o homem se entende por homem ele se pergunta como deve proceder para ser justo ou correto, e aqui falamos não da justiça de leis, mas de uma justiça em si, que seria a ética.

            Nos dias atuais observamos uma cobrança da sociedade para que as pessoas sejam éticas principalmente quando falamos do meio dos políticos, notasse que existe o discurso de anticorrupção muito forte, pois, de fato somos uma nação saqueada, roubada pela corrupção, aliás a corrupção não se encontra apenas no meio dos que concorrem a cargos eletivos dentro da política, está também presente no dia a dia na sociedade, e ela é tão sutil e passa despercebida e de alguma forma é vista como natural, desde de furar uma fila, até a obter sinal de canais de tvs pagos, gratuitamente, ou conseguir alguns benefícios que não lhe é de direito.

            Ser ético definitivamente não é uma condição, mas sim um exercício diário, não existe alguém que é ético, mas existe aquele que está sendo ético. Diariamente vivemos dilemas éticos, e em geral se nossas ações fogem da ética, provavelmente será mais difícil se tornar ético, logo ser ético é uma conquista pessoal que exige responsabilidade e disciplina para sucumbir as vontades e desejos, em prol do bem, pois a ética e o bem estão intimamente ligados, esse não é o bem pessoal, mas, o bem coletivo. O sujeito que busca ser ético conquista com isso a sua liberdade, pois, sua ação não está aprisionada a nada, sua ação visa sempre o bem de todos, mesmo que isso as vezes não atenda a sua vontade.  

            Para concluirmos esse previ pensamento a respeito da ética, incitarei aqui um pequeno dilema ético atual. Estamos vivenciando uma pandemia, COVID-19, e recentemente foi decretado mais alguns dias de um fechamento parcial do comercio em nosso estado, o decreto estabelece que por alguns dias os comércios ditos “não essencial”, deveriam ficar fechados, isso gerou uma grande inquietação na sociedade em geral. Primeiro pela definição de não essencial, afinal realmente tudo que dá o sustento aos trabalhadores é essencial, e isso é fato. Por outro lado vemos o aumento brusco do número de casos na nossa região, e de fato algo já deveria ter sido feito, afinal não é de ontem que que sabemos do COVID-19, caberia as autoridades federais tomarem decisões efetivas para não chegarmos ao caos da pandemia, e isso não foi feito. E hoje estamos sofrendo pela minimização da doença por parte de nosso presidente da república, que foi e está sendo lento em medidas efetivas para combater a doença, obrigando prefeitos e governadores a tomarem decisões que caberiam ao presidente da república. Mas agora não estamos aqui para apontar um culpado, e sim pensar, diante do que estamos vivendo, qual deve ser minha ação pare que EU seja ético? Lembrando que a ação ética é pessoal mas o bem é coletivo.

Professor Helio Girelli Junior. Graduado em Filosofia/Sociologia e Pedagogia. Especialista em: Educação Especial, Educação do Campo, atualmente acadêmico de Psicologia da Unimeo-CETSOP.   

           

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--

ÚLTIMAS DA COMUNIDADE