Opinião

8 fatos sobre refugiados e 8 motivos para apoiá-los

ACNUR/Firas-Al-Khateeb

Todos os dias, pessoas são forçadas a deixar empregos, casas e entes queridos para trás. Seu apoio pode mudar a vida de refugiados em todo o mundo.

Com o seu apoio, a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) ajuda a proteger as pessoas que foram forçadas a deixar suas casas.

Aqui estão oito coisas que você precisa saber sobre deslocamento e refugiados e oito motivos para ajudar a transformar a vida dessas pessoas.

37.000 pessoas foram forçadas a deixar suas casas todos os dias em 2018

O número de pessoas que fogem de guerras, conflitos e perseguição ultrapassou 70 milhões em 2018. Isso inclui 25,9 milhões de refugiados. A cada dia, novas pessoas são forçadas a deixar seus empregos, casas e entes queridos para trás. Seu apoio faz uma enorme diferença na vida de refugiados e pessoas deslocadas durante crises.

Metade dos refugiados do mundo são crianças

Em 2018, um em cada dois refugiados era criança, muitas fugindo sem a família. O ACNUR trabalha para proteger e ajudar jovens refugiados em todo o mundo, dando a eles oportunidades para que construam um futuro melhor.

2/3 de todos os refugiados são de apenas cinco países

Eles vêm da Síria, Afeganistão, Sudão do Sul, Mianmar e Somália.

Mais da metade das crianças refugiadas em idade escolar não estuda

Estar em situação de deslocamento forçado compromete as chances de as crianças receberem educação, principalmente à medida que envelhecem. Apenas 63% das crianças refugiadas frequentam a escola primária, enquanto apenas 24% frequentam a escola secundária. O ACNUR trabalha com parceiros para ajudar as crianças refugiadas a terem acesso a uma educação de qualidade.

Cerca de 80% dos refugiados vivem em países vizinhos de sua terra natal

Isso inclui alguns dos países mais pobres do mundo, que acolhem um terço de todos os refugiados. A sua doação ajuda a fornecer apoio aos refugiados e às comunidades que os acolhem.

Mais de 40 milhões de pessoas estão deslocadas dentro de seus próprios países

Cerca de 41,3 milhões de pessoas fugiram de suas casas, mas permaneceram em seu país de origem. Embora não tenham atravessado uma fronteira, elas têm necessidades humanitárias e de proteção semelhantes às dos refugiados. Sua generosidade nos ajuda a proteger e oferecer abrigo a elas.

A maioria dos refugiados vive em áreas urbanas, não em campos de refugiados

Mais de 60% dos refugiados do mundo vivem em cidades, onde geralmente têm mais chances de encontrar trabalho, ir à escola e reconstruir suas vidas.

Buscar refúgio é um direito garantido pela Declaração Universal dos Direitos Humanos

O direito de buscar refúgio em outro país para aqueles que perderam a proteção de seu próprio país é garantido pela Declaração Universal dos Direitos Humanos. A Convenção para Refugiados é o primeiro tratado que transformou os ideais da Declaração em obrigações juridicamente vinculativas.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--