Tecnologia

Viagem inaugural marca início de operação da maior eletrovia do País

A Itaipu Binacional e a Copel inauguraram, na terça-feira (11), a maior eletrovia do País. No total, foram instalados 11 eletropostos ao longo dos 700 km da BR-277, permitindo uma viagem por veículo elétrico de Foz do Iguaçu até Paranaguá. Profissionais da Copel fizeram a viagem inaugural percorrendo o estado de Leste a Oeste com cinco veículos elétricos.

O projeto começou em março deste ano com a instalação do primeiro eletroposto, em Curitiba. Em agosto, Foz do Iguaçu recebeu o seu posto de recarga rápida, em frente à usina de Itaipu. Os outros eletropostos estão em Paranaguá, Palmeira, Fernandes Pinheiro, Prudentópolis, Candói, Laranjeiras do Sul, Ibema, Cascavel e Matelândia.

“O objetivo é promover uma infraestrutura de recarga para que os futuros proprietários de veículos elétricos possam andar pelo estado e, assim, incentivar a adoção da mobilidade elétrica”, explica o engenheiro Márcio Massakiti, da Assessoria de Mobilidade Elétrica da Itaipu. 

Segundo Massakiti, além de fomentar a mobilidade elétrica, a rede de eletropostos vai fornecer dados para que os profissionais do Projeto Veículo Elétrico (VE), da Itaipu, possam estudar o seu desempenho. “Estas informações vão auxiliar o setor elétrico a dimensionar o sistema de recargas dos veículos elétricos nas rodovias e dar certeza para os futuros usuários que vão encontrar infraestrutura”, afirma.

Criado em 2006 para promover a mobilidade elétrica, o Projeto VE instalou seus primeiros eletropostos em 2008. Atualmente, existem mais de 200 destes pontos espalhados por toda Itaipu e mais de 100 veículos elétricos na frota corporativa da empresa. 

Pioneiro
Cafè Gosto Bom

... />
De acordo com o diretor da Copel Distribuição, Antonio Guetter, o projeto da eletrovia é pioneiro no país, ao integrar, pela primeira vez, uma rodovia completa de ponta a ponta. “Já existem alguns trechos de rodovia com eletropostos no País, mas uma rede que atenda toda uma rodovia não”, explica. 

As estações são todas de carga rápida. Cada eletroposto tem 50 kilovoltampere (kVA) de potência – o equivalente a dez chuveiros elétricos ligados ao mesmo tempo – e três tipos de conectores, próprios para atender os modelos de carros elétricos ou híbridos disponíveis no Brasil. Leva entre meia e uma hora para carregar 80% da bateria da maioria dos carros elétricos. “Por ser um projeto de pesquisa e desenvolvimento, os consumidores não terão custo para abastecer na eletrovia”, afirma Guetter.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--