Tecnologia

Facebook Pay é lançado nos EUA

Mobile Time

Antes de a criptomoeda Libra chegar, a companhia de Mark Zuckerberg lançou nesta terça-feira, 12, o Facebook Pay, meio de pagamento que está presente em um primeiro momento no Facebook e no Facebook Messenger, mas que, em breve, chegará ao Instagram e ao WhatsApp também. Por enquanto, a solução está disponível nos Estados Unidos, mas, aos poucos, deve será estendida a outros mercados.

Os usuários poderão cadastrar um cartão de crédito ou débito na plataforma ou usar uma conta PayPal. Em um primeiro momento, a forma de pagamento poderá ser usada para arrecadação de fundos (a conhecida vaquinha), compras dentro de jogos, compras de ingressos para eventos, transferência dinheiro entre amigos (no Messenger) e compras de páginas e negócios selecionados no Facebook Marketplace.

O usuário pode informar uma única vez seu cartão e usá-lo em todas as plataformas do Facebook, ou cadastrar manualmente para cada uma delas o seu cartão preferido. Apesar de não especificar, a empresa informa que a solução aceita as principais bandeiras.

O Facebook Pay usa criptografia para armazenar os dados dos cartões, além de realizar monitoramento antifraude nos sistemas da companhia para detectar atividades não autorizadas e fornecer notificações para atividades da conta. O usuário também poderá adicionar um PIN ou usar a biometria do dispositivo, como leitura de impressão digital ou reconhecimento facial. O Facebook não recebe nem armazena informações biométricas do aparelho.

Os pagamentos são processados em parceria com empresas como PayPal, Stripe, dentre outras. No informe à imprensa, Deborah Liu, VP de mercado e comércio, explicou que o Facebook Pay é separado da carteira digital Calibra, onde será executada a criptomoeda Libra.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--