Educação

UNILA, Parlasul e Instituto Universitário Europeu desenvolvem parceria para pesquisas

Unila

A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), o Parlamento do Mercosul (Parlasul) e Instituto Universitário Europeu (IUE) iniciaram as discussões para a realização conjunta de pesquisas em temas como integração regional, cooperação transfronteiriça e políticas comparadas no âmbito do Mercosul e da União Europeia.

O deputado Celso Russomanno (PRB/SP), representante brasileiro no Parlasul, e o diretor executivo do Observatório de Democracia do Parlasul, Alexandre Andreatta, estiveram na UNILA, na última sexta-feira (19), para uma reunião com o diretor do Instituto Mercosul de Estudos Avançados (IMEA), Lucas Mesquita, e com o reitor, Gustavo Oliveira Vieira. “Nossa agenda na UNILA busca estabelecer um plano de trabalho, entendimento comum entre Instituto Universitário Europeu, Parlamento do Mercosul e UNILA, para a co-organização de intercâmbios acadêmicos, eventos e conferências, oficinas e seminários de capacitação de funcionários em temas de integração regional”, comenta Andreatta. Também participaram da reunião o diretor de Assuntos Internacionais da Prefeitura de Foz do Iguaçu, Jihad Abu Ali; a pró-reitora de Relações Institucionais e Internacionais, Diana Araújo; e a professora da UNILA Luciana Mello Ribeiro.

Para o reitor, a atuação conjunta entre instituições como o Parlasul e o Instituto Universitário Europeu auxiliam a UNILA na concretização de sua missão. “Esse diálogo continuado que temos com o Parlasul evidencia nossa vocação internacional, pois atendemos as dimensões das relações internacionais de maneira multilateral, reforçando nossa missão de perspectiva latino-americana”, completa. O Instituto Universitário Europeu é um centro de investigação e documentação, especializado em estudos de pós-graduação, e tem como objetivo promover pesquisas em políticas públicas.

O plano de trabalho entre as instituições, com o detalhamento dos projetos a serem executados, está sendo construído, inicialmente, pelo IMEA e pelo Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da UNILA. “Este plano de trabalho vem consolidar uma série de agendas do interesse do Observatório de Democracias do IMEA e do Parlasul em matérias eleitorais e das democracias na América Latina. Algumas dessas ações já estavam em andamento, como as observações das eleições nacionais do ano de 2018, produzindo dados para os relatórios do Parlasul”, ressalta Lucas Mesquita.

Pontes para a integração

 

Além da parceria, a UNILA foi pauta, recentemente, de sessões do Parlasul, recebendo uma moção de apoio, no início de abril. Naquela oportunidade, os deputados Ricardo Barros (PP/PR) e Nelsi Coguetto Maria, o Vermelho (PSD/PR), ressaltaram a importância da instituição como promotora da integração regional, justamente no momento em que a integração física entre o Brasil e o Paraguai consegue avançar mais um passo, com a construção das duas novas pontes, uma entre Foz do Iguaçu e Puerto Presidente Franco e outra entre Porto Murtinho (MS) e Carmelo Peralta.
RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--